VISÃO

Jesus Cristo é a nossa visão, e assim, com amor, queremos exaltar o Senhor e compartilhar os fundamentos bíblicos que farão com que os corações famintos amem e conheçam mais profundamente o Senhor. 

Se somos atraídos a Jesus, seremos atraídos uns aos outros e isso fará com que o Corpo de Cristo (a Igreja) experimente uma medida maior de união e amor que pode ser refletida (como a lua reflete a luz do sol) nesse mundo sombrio.  

 

Os perdidos e necessitados não só ouvirão falar de Cristo através de palestras, seminários ou sermões, mas poderão ver a beleza de Jesus através da vida e caráter de Sua igreja. Lembremos que as últimas palavras que Jesus disse aos seus discípulos antes da sua partida do mundo foram: “Nisto todos conhecerão que sois meus discípulos,

se vos amardes uns aos outros.” (João 13:35)

FUNDAMENTOS

Deus

Existe apenas um único Deus eterno, a verdadeira Trindade: Pai, Filho e Espírito Santo.

 

O Senhor Jesus Cristo

Nós acreditamos na divindade do Senhor Jesus Cristo.

 

O Espírito Santo

Cremos na divindade e na pessoa do Espírito Santo, que trabalha nos homens e os capacita a viver uma vida de santidade e de serviço fecundo.

 

As Escrituras

Ela é inspirada por Deus, e é a autoridade principal e final para tudo o que Ele nos ensina e nos declara.

 

A Igreja

A Igreja é formada por todos os verdadeiros crentes que nasceram de novo. A missão da igreja na terra, tendo Cristo como cabeça, é ser sacerdotes diante de Deus e dos homens, na qual consiste em nos apresentarmos diante de Deus para louvá-lo e amá-lo.

 

O Homem

Foi criado à imagem e semelhança de Deus, para ter comunhão com Ele, mas por causa da desobediência de nosso pai Adão, o pecado entrou no mundo e separou Adão de Deus. Entretanto, Jesus Cristo, estando sem pecado, tomou o lugar do homem e sofreu as consequências e os juízos divinos sobre o pecado, para que a relação de Deus com os homens pudesse ser plenamente restabelecida. 

 

A Ressurreição

Nós acreditamos na ressurreição de todos os mortos. Todo aquele que for salvo receberá a vida eterna na presença de Deus e todo aquele que não for salvo receberá a condenação eterna no lago de fogo.

 

A Segunda vinda

Jesus Cristo voltará para se encontrar com Sua igreja, para estabelecer Seu Reino, e para julgar todos os homens. Todos os que estão em Cristo gozarão da bênção eterna, mas todos os impenitentes (desobedientes) sofrerão o castigo eterno.

A IMPORTÂNCIA DO LOUVOR

Deus nos fez à sua imagem e semelhança. Você tem gostos, não tem? Coisas que você gosta e coisas que odeia. É possível que o Deus santo e onipotente tenha o desejo de ser louvado de uma forma e não de outra? Se isso for verdade, é importante conhecê-lo? A esposa (a Igreja) deve saber com que canções, músicas e instrumentos ela gera o prazer ou a rejeição de seu amado?

As Sagradas Escrituras nos descrevem que Davi descobriu que Deus habita nos louvores de Seu povo. 

Em Salmos 22:3 diz: “Porém tu és santo, tu que habitas entre os louvores de Israel.” 

 

Agora, o chamado "Doce Cantor de Israel" também aprendeu outra lição: Deus tem gostos santos e um padrão celestial que determinam que há um tipo de louvor e adoração que é agradável a Ele. O louvor que Davi tocava atraía a presença de Deus e afastava os espíritos maus. (E sucedia que, quando o espírito mau da parte de Deus vinha sobre Saul, Davi tomava a harpa, e a tocava com a sua mão; então Saul sentia alívio, e se achava melhor, e o espírito mau se retirava dele. 1 Samuel 16:23).

 

Hoje a esposa do Senhor Jesus parece estar mais interessada em agradar os gostos do povo. Em outras palavras, a igreja hoje está direcionando sua música para o motivo errado. Você já se perguntou se a música tocada nas igrejas está sendo agradável a Deus?

Você acha que o Senhor considerará seu papel como sacerdote pelo povo está satisfeito com o seu ministério ou por você ter agradado ao Deus Eterno, sendo fiel ao seu padrão celestial? Você será um bom ministro se você se concentrar em agradar a Deus e glorificar o Seu nome ou em agradar à multidão e glorificar-se a si mesmo? 

 

O louvor ou a música que cantamos deve seguir o padrão celestial, que é atrair a presença de Deus, se não for assim, não é um louvor agradável a Ele, e não estamos seguindo Seu padrão.